06 fevereiro 2014

O Livro das Coisas Perdidas, de John Connolly

Título Original: The Book of Lost Things
Autor: John Connolly 
Editora: Bertrand Brasil   
Páginas: 363   


Após a morte da mãe, David, de doze anos, passa a maior parte do tempo em seu quarto tendo os livros como companhia. Quando eles começam a sussurrar palavras para o menino, realidade e imaginação se misturam até que, ao brincar no jardim, David entra em um reino encantado, onde encontrará heróis, monstros e um rei fracassado que guarda seus segredos em um livro misterioso.  
Comecei a ler O Livro das Coisas Perdidas sem saber nada da história, mas bem animada porque fiquei apaixonada pela capa desde a primeira vez que o vi. Ao final da leitura, eu não conseguia parar de sorrir porque O Livro das Coisas Perdidas é um dos livros de fantasia mais encantadores que já li.

Escrito em terceira pessoa, O Livro das Coisas Perdidas é aquele tipo de livro raro que já me conquistou desde a primeira página e que me deu a sensação de que iria gostar muito da história, e foi exatamente isto que aconteceu. A narrativa no inicio do livro é lenta, mas mesmo nessa parte a narrativa do John Connolly já é totalmente mágica e envolvente.

A história é sobre o David em um reino encantado procurando seu caminho de volta para casa, mas o livro tem tantos elementos legais, grandes aventuras e perigos, e isso o torna um livro especial. Ao longo da história, David encontra com vários personagens e muitos deles são personagens famosos. John Connolly recria várias histórias infantis como a da branca de neve, chapeuzinho vermelho, joão e maria etc. Esses contos são, em sua maioria, bem sombrios.

Os personagens de O Livro das Coisas Perdidas são muito bacanas, todos são muito interessantes, singulares e muito bem construídos. Isso me surpreendeu bastante porque mesmo o menor personagem, por menor tempo que aparecesse na história é muito bem construído! David é um personagem muito real, ele é cheio de medos, mas ainda assim é muito corajoso. Também gostei muito do Lenhador e Rolando, e os anões, que são muito engraçados.

Outro personagem que também merece destaque é o Homem Torto, que é o vilão e que me lembrou muito do Rumpelstiltskin. Em minha opinião, o Homem Torto é um dos personagens mais legais que já “conheci”, ele é o tipo de vilão que você ama e odeia até o final.

O Livro das Coisas Perdidas, apesar de parecer, não é um livro infantil. Ele tem cenas fortes e temas nada infantis. Este é um livro que é muito mais do que aparenta ser, ele fala sobre amizade, amor, guerra, morte e principalmente sobre amadurecimento.

O Livro das Coisas Perdidas é um livro sobre livros, cheio de citações maravilhosas e diálogos interessantes. O final foi lindo, singelo e eu não conseguiria imaginar um final melhor. O Livro das Coisas Perdidas é um livro único, mas adorei a narrativa e a criatividade do John Connolly, autor do qual quero ler todos os livros agora.

Bom, este é um livro que recomendo para todos que estão procurando uma boa leitura e é um livro obrigatório para quem gosta de fantasia.

12 comentários:

  1. Yara, já tinha ouvido falar muito bem desse livro! Quero muito lê-lo <3

    Beijos,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mas poxa vida, que capa linda!
    A história me pareceu incrível, e fiquei morrendo de vontade de ver.
    Como você já sabe sou completamente apaixonada por fantasia, então ele já está oficialmente na minha listinha de próximas aquisições.

    obs: estou lendo o terceiro livro da trilogia 1Q84, e estou amando! Você precisa ler *-*

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Yara!

    Eu adoro livros sobre livros e a amei a temática da história. A capa é mesmo linda e chama a atenção. Vou anotar na minha lista.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser simplesmente incrível. Adorei a sinopse e a resenha. O simples fato do menino ser viciado em livros já me ganhou. rs
    O fato do livro falar sobre amadurecimento também me chamou a atenção. Gosto de livros que o personagem vai crescendo no decorrer da prosa.

    Gostei bastante daqui e estou seguindo. Aguardo a sua visita.

    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir
  5. Oie Yara =)

    Quero muito ler esse livro *---------------------* A cada resenha que leio, mais curiosa eu fico!!

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. Eu resenhei esse livro lá no blog e disse que amei ele. Achei tudo de bom e mais que recomendo a todos. Parabéns pela resenha. Só não gostei tanto do Homem torto quanto você hehehhehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Como eu amo fantasia, vou procurar esse livro para ler o quanto antes, amei tudo o que você escreveu, adoro histórias assim!

    Bjs
    sobremimemeumundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A capa desse livro é a coisa mais linda *-*

    ResponderExcluir
  9. Adoreeeeei!!
    Pelo que tu escreveu, a trama me parece ótima! Fiquei com muita vontade de ler esse livro *----*
    Um beijãoo

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  10. Sempre quis ler este livro, além de ter adorado a premissa, acho a capa linda de morrer!
    Muitas pessoas me recomendaram e o livro está na lista de desejados, mas não sei quando vai sair dela, hahaha.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá =).
    Eu sempre tive muita vontade de ler este livro, principalmente depois de várias recomendações que já me deram! A capa é linda e eu quero demais!
    Beijos

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Sempre achei a capa desse livro muito bonita e original. Não sabia do que se tratava, mas agora fiquei com vontade de ler, adoro fantasias. O livro falar sobre outros livros é uma coisa que me ganhou por completo.

    http://livinhas-place.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir